A INOVAÇÃO PERMEANDO PRÁTICAS CONSOLIDADAS NO ENSINO DE MATEMÁTICA DA ESCOLA PRIMÁRIA PARANAENSE (1960-1970)

Mariliza Simonete Portela, Barbara Winiarski Diesel Novaes

Resumo


Trata-se de um estudo histórico que tem por objetivo discutir o misto de conservação e inovação nas orientações de ensino, em programas oficiais, guias pedagógicos ou manuais de orientação didática e produção de materiais didáticos para o ensino de matemática na escola primária paranaense na década de 1960, período marcado pela consolidação da vaga pedagógica da escola nova, pela penetração do ideário do Movimento da Matemática Moderna, divulgação de teorias piagetianas e tecnicismo. O presente estudo mostrou que hibridismos que ocorreram nas propostas inovadoras do ensino de matemática no estado do Paraná podem ser interpretados como uma resposta às recomendações presentes nos documentos oficiais do ensino primário. Os professores primários que participaram do NEDEM possuíam filtros, eram experientes, críticos, atuavam como professores do ensino primário e formadores de normalistas. Alguns trabalhavam na secretaria de educação. Os protagonistas deram espaço para a entrada do novo, espaço que não é ocupado na sua totalidade. As práticas mesclam-se dando ao ensino outro teor. Não abandonariam por completo as práticas consolidadas vindas da escola nova, mas sim, incorporariam novos elementos dos movimentos de reforma que ocorriam na década de 1960.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista de História da Educação Matemática