ANÁLISE HISTÓRICA DE LIVROS DIDÁTICOS NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: um estudo a partir da História Cultural

Antonio Mauricio Medeiros Alves, Fernando Ripe

Resumo


Esse artigo tem como objetivo apresentar as contribuições da História Cultural na definição do objeto de pesquisa e da metodologia adotada numa pesquisa de doutorado, servindo como base metodológica e pano de fundo desse estudo no qual se realizou uma análise histórica da abordagem Matemática em livros didáticos do ensino primário, que compõem as coleções “Estrada Iluminada” e “Nossa Terra Nossa Gente”, produzidos no estado do Rio Grande do Sul, no período de 1960-1978, de autoria das professoras gaúchas Nelly Cunha e Cecy Cordeiro Thofehrn. Numa abordagem qualitativa, usando como principal metodologia a análise documental, o estudo privilegiou os livros didáticos como fontes e objeto de pesquisa, a partir de referenciais da História Cultural, dentre os quais se destacam Chartier, Choppin, Chervel, De Certeau, entre outros, a fim de responder ao problema de pesquisa, seja esse, desvelar como o Movimento da Matemática Moderna constituiu-se no RS e compreender como a Matemática Moderna foi incorporada nas coleções “Nossa Terra Nossa Gente” a partir da reelaboração da coleção “Estrada Iluminada”. Pela análise dos livros, foi possível identificar quais conteúdos da Matemática Moderna foram contemplados na reelaboração de tais coleções, identificando, assim, o desenvolvimento e a influência desse movimento na produção didática gaúcha em estudo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista de História da Educação Matemática